Excesso de pelos em mulheres: descubra as principais causas e tratamentos

Por: AesCare
12/02/2020 - 19:09:18

Por: Danielle Soares

Você sabia que o excesso de pelos em mulheres não é comum e que pode indicar que
algo está errado?

Então, descubra agora mesmo as causas possíveis e principais tratamentos que
podem lhe ajudar a resolver esse problema.

Vamos começar?

Saiba identificar o excesso de pelos

Antes de conhecer causas e procedimentos, é preciso entender exatamente o que é o
excesso de pelos em mulheres, principalmente porque existe toda uma cultura em
torno do tema.

Assim, ter pelos é algo natural do corpo, que serve como meio de proteção, seja contra agentes nocivos ou mesmo para as mudanças de temperatura.

Entretanto, há casos em que as mulheres notam um excesso na quantidade de pelos, que pode ser leve ou não.

Na maior parte dos casos, é possível identificar o chamado hirsutismo, que é o excesso de pelos, na área da barriga e rosto.

Isso porque, essas são áreas onde o público feminino geralmente tem uma camada fina de pelo e em um tom mais claro.

No caso do excesso, essas áreas ficam mais cheias de pelos, maiores e mais grossos, sejam mais escuros ou não.

Frequentemente, o hirsutismo é notado a partir da puberdade ou durante/depois da menopausa.

A identificação acontece através de:

 Aumento/aparecimento de pelos na face;
 Crescimento de buço;
 Aumento dos pelos das sobrancelhas;
 Acne;
 Caspa;
 Pelos nas costas e glúteos, etc.

Causas do excesso de pelos em mulheres
Entender as causas do excesso de pelos em mulheres é garantir que você tenha a base necessária para procurar por um especialista.

Isso porque, com o aumento de pelos, muitas mulheres acabam indo até um médico dermatologista, que pode ser realmente eficaz para o problema.

Entretanto, também se faz necessário procurar por outros profissionais da saúde. Para resumir, as causas incluem:

Chegada da puberdade ou menopausa:
Com a chegada da puberdade, os hormônios sofrem um impacto do organismo, para garantir as alterações do corpo, o que aumenta os estrógenos.

Isso é o que faz com que o cabelo tenha maior volume, cresça pelos nas axilas e nos órgãos genitais e a chegada da menstruação, que define a mulher como fértil.

O mesmo vale para a menopausa, já que o corpo começa um movimento de reduzir hormônios, causando diversos desequilíbrios.

Com essa montanha russa interna, é possível que o corpo passe a produzir mais pelo do que deveria.

Questões médicas:
Outra possível causa do excesso de pelos em mulheres são doenças e síndromes ligadas à produção e equilíbrio hormonal, como:

 Síndrome de Cushing;
 Síndrome do Ovário Policístico;
 Hiperplasia Adrenal Congênita, etc.

Devido à dificuldade do organismo em manter os hormônios equilibrados, é possível que comece a acontecer um aumento de pelo ou mesmo outras complicações, como alteração menstrual.

Medicamentos e outras drogas:
Quando o assunto é excesso de pelos, não podemos deixar de lado a ideia de que existem algumas drogas, incluindo remédios, que podem aumentar a produção de pelo no público feminino.

O maior exemplo disso são os remédios usados como tratamento para endometriose.

Porém, não são apenas esses, também é possível que alguns anticoncepcionais e, principalmente, os anabolizantes.

No caso dos anabolizantes, é possível que as alterações internas causadas no corpo feminino comecem o processo chamado de masculinização.

Ou seja, características masculinas começam a se desenvolver no corpo feminino, incluindo excesso de pelos, voz mais grossa, alterações de humor, entre outras.

Principais tratamentos para o excesso de pelos em mulheres
Os principais tratamentos para o excesso de pelos em mulheres têm como principal foco a identificação da causa.

Logo, ao ir a um médico dermatologista ou outro, pode ser indicado uma série de exames, após uma consulta.

Caso seja constatado que o excesso de pelos é decorrente do uso de algum medicamento, a melhor alternativa é suspender o uso e procurar alternativas.

Porém, após a realização dos exames pode ser constatado que o problema está no desequilíbrio hormonal.

Assim, pode ser indicado:

 Uso de pílulas anticoncepcionais;
 Anti-andrógenos;
 Cremes tópicos para combate ao crescimento dos pelos.

Todos esses tratamentos funcionam através de teste e observação.

Em outras palavras, o médico dermatologista vai lhe passar o medicamento ou creme, definir um tempo de teste e avaliar quais foram as mudanças.

Caso haja a necessidade de troca, é possível tentar outra variante.

Depilação a laser e outros tratamentos estéticos
Como muitas mulheres realmente se incomodam com os pelos, sejam em excesso ou não, a alternativa pode ser recorrer ao tratamento estético.

Entretanto, é essencial que você busque um médico também para controle hormonal, evitando outras complicações médicas.

Portanto, o mais comum é o uso da lâmina, das loções e cremes depilatórios ou as ceras frias e quentes.

Porém, essas técnicas são de curto prazo, sendo necessário refazer o trabalho.

Dessa forma, surge a opção da depilação a laser.
Mesmo que não tenha um efeito completamente rápido, sendo necessária várias sessões, a depilação a laser permite que você se livre dos pelos a longo prazo.

Além disso, esse tipo de tratamento estético é capaz de reduzir o volume e intensidade, fazendo com que os pelos que insistem em nascer sejam mais finos e sejam eliminados com maior facilidade.

Geralmente, é indicado um total de dez sessões para eliminar completamente os pelos, variando de acordo com cada pessoa.

Importante
É possível que você tenha alguns sinais ou mesmo fatores de risco que podem identificar o excesso de pelos, mesmo que ainda não tenha notado.

Entre os principais fatores estão os quadros de infertilidade, menstruação irregular e casos de excesso de pelos na família.

Além disso, em casos raros, algumas mulheres também apresentam o aumento do clitóris e da massa muscular, sendo mais comuns nos casos de uso de anabolizantes.

Na dúvida ou mesmo se notar qualquer um desses possíveis sintomas, converse com o seu médico e comece o tratamento o quanto antes.

Enfim, ficou com alguma perguntinha sem responder ou ainda tem algo que gostaria de saber mais?

Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar e aproveite para compartilhar essas informações.

Até o próximo post!

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Copyright © 2003 / 2020 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
Fones: (73) 9 9111-2313 / (73) 9 8158 2860