Francis do PTC desmente notícias de expulsão e garante que segue na disputa

Por: Ascom / Candidato
30/10/2020 - 14:44:39

Por: Ascom do candidato
Foto: Divulgação

O candidato a vereador Franskcley Gabriel Souza Oliveira, o Francis do PTC, desmente as notícias publicadas em um site de Eunápolis e garante que segue na disputa por uma vaga na Câmara de Vereadores de Eunápolis. Na manhã desta sexta-feira (30/10) ele se reuniu com coordenadores de campanha e apoiadores e decidiu realizar um intenso movimento com bandeiras no Centro da cidade, conversando com eleitores e demonstrando sua certeza no trabalho que vem propondo.

O Bandeiraço começa às 14 horas e os grupos de apoiadores vão se posicionar próximo ao Trevo das BRs 101 e 367 e nas Praças da Bandeira e Frei Calixto. Todas as medidas de prevenção sanitária contra a COVID-19 serão respeitadas, para que não haja aglomeração e que o número não ultrapasse os 200 eleitores juntos. Todas as pessoas estarão usando máscaras e utilizando álcool em gel nas mãos.

O candidato tranquilizou os amigos e declarou que “a despeito de notícias falsas veiculadas em um setor da imprensa, quem define a situação eleitoral dos candidatos não é o partido e sim a Justiça Eleitoral”. Em consulta ao TSE qualquer cidadão pode verificar que o seu nome foi deferido pelo TSE, consta como “APTO” e está inserido na urna eleitoral [Veja imagem a baixo]

“Estamos firmes em nossa campanha e a partir do dia 15 de novembro estaremos ainda mais juntos para o crescimento e desenvolvimento de nossa comunidade”. Enfatizou.

NOME NA URNA

Por sua vez, o vereador Ramos Filho (sem partido), principal articular político da campanha de Francis, apontou uma operação arquitetada pelo presidente Diretório Municipal do PTC na cidade, que também é candidato a vereador, com o objetivo de desmoralizá-lo, politicamente, e ao seu candidato. Disse que o partido realizou um processo de cassação “interna corporis” sem seguir o rito processual normal e desfiliaram Francis, mas que isso não muda nada. Frisou.

“É uma prerrogativa que o partido possui filiar ou expulsar, mas que isso não muda a decisão do órgão superior que é o TSE. Trata-se de uma perseguição política e em resposta tenho certeza que nós vamos ganhar a eleição no dia 15 de Novembro”. Concluiu. 

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Copyright © 2003 / 2020 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
CNPJ: 12.652.562/0001-07 - Fone: (73) 98866-5262 WhatsApp