Em três dias, chuva deve atingir o previsto para todo o mês em BH

Por: O Tempo / MG.
08/01/2022 - 18:18:09

Até segunda-feira, deve chover continuamente, e há risco de deslizamentos de terra em 5 regiões

Por: Manuel Marçal e Vitor Fórneas
https://www.otempo.com.br/

A chuva prevista para todo o mês de janeiro deve atingir Belo Horizonte até segunda-feira. É o que prevê o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), diante da atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul, que está sobre Minas Gerais desde o início do ano e vem provocando chuva contínua e intensa em grande parte do Estado.

Na capital, a região mais atingida é a Centro-Sul, que já registrou 66% da média esperada para janeiro (329,1 mm). “Estamos com convergência de umidade semelhante com a que provocou chuvas na Bahia. Somente a partir de terça que a chuva vai dar uma reduzida na capital”, explicou a meteorologista do Inmet Anete Fernandes.

Com a chuva incessante, o alerta de risco geológico, que valia até hoje, está decretado até terça-feira na capital. Há alto risco de saturação do solo, deslizamentos e desabamentos nas regionais Centro-Sul, Noroeste, Leste, Oeste e Barreiro.

Desabamento

Moradores de Belo Horizonte já contabilizam os prejuízos pelos dias seguidos de chuva. Parte da casa do ajudante de marceneiro Alex Alves Nicoline, de 46 anos, desabou no bairro Vila Leonina, na região Oeste, ontem. “Os vizinhos me acordaram com a parede caindo”, relatou ele. Primeiro foi a parede do quarto que caiu. Em seguida, a da sala, em direção ao barranco. 

A cozinheira Marluce Balbino de Souza, vizinha da frente, foi quem gritou o morador quando o imóvel começou a desabar. “Eu escutei um barulho: ‘Caiu um reboco! A casa da Alex está caindo’”, contou. Ela descreve que, pouco tempo depois, as paredes vieram abaixo. “Escutei um barulhão, subiu um poeirão, chamei meus meninos e começamos a gritar pelo Alex: ‘saia daí que sua casa vai cair!’”, relembrou a cozinheira.

Alex descreve que, com orientação dos vizinhos, pulou a cerca da moradia e foi para rua com medo. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. A Defesa Civil esteve no local e interditou o imóvel. Alex morava sozinho na casa que herdou da mãe e que foi construída há 50 anos. Sem poder pegar seus pertences, Alex ficou só com a roupa do corpo e documentos.

Ontem, ele ia dormir na casa do irmão e, nos próximos dias, pretendia ir para um abrigo público no bairro São Paulo, até conseguir derrubar tudo e construir outra residência no lote. “Será preciso levantar um muro de arrimo”, disse Alex, que cresceu na casa. 

Outras ocorrências relacionadas às chuvas mobilizaram o Corpo de Bombeiros ontem. Um deslizamento de terra foi registrado na rua Roma, no bairro Santa Lúcia, na região Centro-Sul. No bairro Serra, na mesma região, a queda de uma árvore danificou parte do telhado de uma casa e carros que estavam estacionados. A chuva também tem aumentado o número de buracos nas ruas de Belo Horizonte, como na Via Expressa e na avenida Amazonas. 

Além de BH, os próximos dias também serão chuvosos nas regiões Noroeste, Central, Zona da Mata, Rio Doce e Norte de Minas.
 
Prefeitura diz que faz ação preventiva
 
Diante do risco de desabamentos e deslizamentos, o coronel Waldir Figueiredo, subsecretário de Proteção e Defesa Civil da Prefeitura de Belo Horizonte, diz que todas as estruturas do Executivo estão mobilizadas para atuar em caso de necessidade. “Tanto nas ações de prevenção, preparação e resposta, além de reconstrução, em caso de algum sinistro”, disse.

O subsecretário ressalta ainda o trabalho realizado pelo Grupo Gestor de Risco e Desastre. “Todos estão preparados, e a Defesa Civil realiza vistorias de risco em locais vulneráveis, monitoramento preventivo e das condições do tempo, além da emissão de alertas a toda a população, que são ações preventivas e de preparação obedecendo às normas da ONU”, completou Figueiredo. Alertas são publicados pelo órgão no perfil @defesacivilbh das redes sociais. 
PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Copyright © 2003 / 2022 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
CNPJ: 12.652.562/0001-07 - Fone: (73) 98866-5262 WhatsApp