VALEO REVOLUCIONA A E-BIKE INTRODUZINDO A TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA

Por: Mundo / Bici
28/12/2020 - 22:46:52

Valeo, gigante francesa da indústria eletro-eletrônica automotiva,  aponta para o crescente mercado das e-bikes e adaptou seu motor de 48 volts, muito mais potente para a bicicleta, e desenvolveu uma caixa de câmbio automática de 7 velocidades e adontando a transmissão por correia, o resultando é um sistema de assistência elétrica de maior desempenho combinando eficiência, inteligência, conforto, robustez e simplicidade para o usuário

Por: George Panara

É um movimento irreversível, países da Comunidade Europeia e a indústria da bicicleta – e não só – dão como certo que em 2030 serão comercializadas duas bicicletas para cada carro emplacado, superando as 30 milhões de unidades, e nesse bolo mais da metade (17 milhões)  serão bicicletas a pedalada assistida, as e-bikes.

Novas leis, restrições a emissão de poluentes e com isso a pressão também aumenta para os veículos de carga que cada vez mais tem o acesso limitado aos centros das cidades. Isso está induzindo o crescimento da fabricação de bicicletas elétricas de carga que exigem muito mais potência. Um produto renovado e com novas exigências.

Esses números atraem a atenção não apenas da indústria intimamente ligada aos pedais, mas também a grandes players com participação na indústria automobilística ou que estão trabalhando no desenvolvimento de soluções para mobilidade elétrica, é o caso da multinacional francesa Valeo. Só no ano passado 47% das vendas do grupo francês foram geradas a partir de tecnologias que visam a redução das emissões de CO2 e como mobilidade é o seu negócio, acabou de lançar o Valeo Smart e-Bike System.

Os franceses desenvolveram seu sistema integrando o motor elétrico de 48v já em uso, a uma inédita transmissão automática adaptativa ou auto ajustável instalada onde estaria localizado o movimento central da bicicleta.

Com esse novo sistema da Valeo, a bicicleta se adapta ao ciclista que não precisa mais se preocupar com a troca de marchas. As mudanças acontecem automaticamente e os sensores e algoritmos do sistema interpretam instantaneamente a quantidade de assistência necessária.

A empresa já domina a tecnologia para a eletrificação de veículos onde se destaca o seu sistema de 48 V que foi adaptado para a utilização em bicicletas e por ser mais potente é mais eficiente que os os motores de 24 V ou 36 V instalados na grande maioria das e-bikes.

Como solução para a transmissão ela se aliou à outra empresa francesa,  a Effigear, que levou 10 anos desenvolvendo uma caixa de câmbio de acionamento por cabos que é comercializada junto com as bicicletas Cavalerie desde 2013.

A transmissão da Effigear também evoluiu para atender as necessidades da Valeo para os motores elétricos a pedalada assistida. Transformando-se em um sistema de 7 marchas/velocidades com mudanças automáticas, com a transmissão da energia do motor para a roda traseira sendo feita através do sistema de correias de carbono da Gates.

O motor da Valeo Smart e-Bike System  tem um torque de 130  Nm – Newton metros – podendo multiplicar o esforço do ciclista por oito,  enquanto outros sistemas no mercado oferecem um aumento de até cinco vezes.Essa potência ‘a mais’ faz muita diferença quando o sistema é utilizado em uma bicicleta de carga. O sistema da Valeo permite que um ciclista com 150 kg de carga enfrente uma rampa com inclinação de 14% sem muito esforço.

A Valeo trouxe da indústria automobilística para a e-bike a caixa de câmbios automáticas adaptativas. Essa é a grande diferença do sistema que segundo a fábrica é a  primeira do mundo para bicicletas elétricas – ou que esteja já disponível para comercialização.

O transmissão automática adaptativa usa sensores e algoritmos para entender e se ajustar instantaneamente às necessidades de cada pessoa, dependendo do percurso e do estilo de condução e adaptando-se a elas instantaneamente. As engrenagens do sistema fazem as mudanças suavemente sem a necessidade de acionar alavancas ou botões.

O sistema de mudanças de marchas da Valeo Effigear está todo dentro de um corpo/caixa blindada e isso possibilitou a eliminação de várias peças vulneráveis de uma bicicleta, como câmbios, roldanas, cassetes e coroa , alavancas de comando no guidão e cabos, acrescente nessa lista a corrente que foi substituída pelo limpo sistema de correias da Gates.  

Com esse sistema, o fabricante assegura que a quantidade de manutenções necessárias são reduzidas; menos regulagens, ajustes, lubrificações ou quedas de correntes. Com sua tecnologia, a Valeo removeu o elo mais fraco da bicicleta elétrica: a corrente que trabalha sob maior esforço.

O Valeo Smart e-Bike System inclui também a função antifurto integrada diretamente ao movimento central que, quando ativada, bloqueia o uso da bicicleta, isso não quer dizer que vá inibir que alguém carregue a bicicleta ou a coloque em um veículo, mas impossibilita que alguém saia pedalando com ela se o usuário não estiver usando um outro tipo de trava.

Como outros sistemas também possui uma função assistência pedestre, ativada quando o ciclista precisa empurrar a bicicleta e a função “Boost” que torna mais fácil ultrapassar ou enfrentar uma colina.

Esteticamente o ‘bloco’ onde se encontra a caixa de transmissão e o motor remete aos sistemas de motores elétricos da concorrência, um pouco mais encorpado por ter no interior uma série de engrenagens. Impressiona também o tamanho do bloco onde estão alojadas  as baterias e os circuitos de comando, instalado sempre no tubo inferior do quadro, mas aqui temos uma bateria um pouco maior, de 48v .

O objetivo da Valeo é atuar no fornecimento de equipamentos para as fábricas de bicicletas – aquilo que é conhecido com OEM – Original Equipment Manufacturer – concorrendo diretamente com marcas como a Shimano, Bafang, Bosch, Mahle, entre outras. E como algumas dessas marcas, os fabricantes terão de desenvolver quadros especiais para sua utilização pois o motor exige pontos de fixação especiais.

Para apresentar a versatilidade do seu projeto, a Valeo montou o sistema em três bicicletas: uma city-bike, uma mountain bike e uma cargueira que ganhou funções exclusivas como marcha a ré (necessária para manobrar quando está carregada) e um sistema de recuperação de energia de reversão e de frenagem; algo inédito no mercado e que sempre esteve nas conversas de quem segue as tendências das e-bikes e comparava com sistemas de recuperação de energia disponíveis em veículos híbridos ou elétricos.

As e-bikes estão provocando uma revolução tecnológica e de mercado e a chegada da Valeo mostra que a disputa pelo consumidor será cada vez mais dura, exigindo cada vez mais soluções tecnológicas confiáveis. Esse grupo francês produz cerca de 30 milhões de máquinas elétricas por ano, número para ser levado em conta, principalmente por se tratar de uma líder global na eletrificação de veículos, resta saber quais serão as marcas que em breve passarão a adotar esse sistema.

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Copyright © 2003 / 2021 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
CNPJ: 12.652.562/0001-07 - Fone: (73) 98866-5262 WhatsApp