Começa o Rali dos Sertões 2020, que vai de São Paulo ao Maranhão

Por: Revista / QuatroRodas
01/11/2020 - 19:47:13

Por: Fábio Black

Há 28 anos acontece no Brasil um dos maiores eventos de rali do planeta, o Rally dos Sertões. A edição de 2020 começa hoje (30/10), em Mogi Guaçu (SP).

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5.90

Serão sete etapas percorrendo cinco estados: São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins e Maranhão, além do Distrito Federal, num total de 5.000 km desaadores, passando por diferentes paisagens e tipos de pisos, o que o torna um rali técnico e único no mundo. A chegada acontece dia 7 de novembro em Barreirinhas (MA).

QUATRO RODAS pilotou veículos das principais categorias da competição e trará as impressões nos próximos dias. Não perca!

Para o Sertões acontecer, foi necessária uma preparação de cair o queixo. A caravana toda tem 1.500 pessoas, sendo 1.097 só no apoio das provas e 403 competidores. Este ano, a organização percorreu três vezes o roteiro estudando as etapas, planilhas de navegação e a logística da prova.

Por conta da pandemia, o rali irá se deslocar em bolhas, como a NBA, em vez do modelo tradicional, que parava de cidade em cidade confraternizando com a população local.

Dentro da bolha do rali, um protocolo especial com testagem maciça dos participantes e outros cuidados, como cabines de esterilização, foram adotados. E o aparato da saúde foi reforçado: 32 pessoas na equipe médica contam com dois helicópteros UTI, dois 4×4 adaptados para socorro emergencial e uma carreta ambulatório com aparelhos de ultrassom e raios X .

O circo do Sertões tem ainda dois aviões, dez carretas, três ônibus, além de 63 veículos 4×4. E cerca de 5.000 refeições serão servidas durante a maratona de oito dias.

Entre os corredores, ao todo, 233 veículos de quatro tipos (carros, UTVs, motos e quadriciclos) participam em três modalidades (Cross-Country, Regularidade e Light).

O Rally dos Sertões é uma competição considerada severa pela variedade de cenários e situações que carros e pilotos enfrentam. Para os carros, a prova exige desempenho, resistência e versatilidade. Para os pilotos, bem como navegadores, mecânicos e toda a equipe, o desafio é ainda maior.

Sempre em alta velocidade e sem nunca ter passado pelo trajeto que percorrem, o navegador, com o auxílio de uma planilha, informa ao piloto o que virá pela frente. O piloto ao receber as orientações tem de agir quase que instintivamente para se manter no trajeto. Um erro mínimo e perde-se tempo, e o pior, podem acontecer acidentes com risco de serem fatais.  

O entrosamento entre os dois homens e o veículo é essencial para que tudo acabe bem, talvez com uma vitória. E não basta pilotar e navegar bem. Os dois tripulantes precisam entender de mecânica, já que as quebras durante as provas devem ser reparadas por eles próprios, pelo menos para chegar até o fim de cada etapa, onde as equipes ficam a postos.

Outra particularidade do rali é que não existe uma competição homem a homem. Vence quem fizer o melhor tempo no percurso total. Portanto, esqueça as disputas típicas de uma corrida no asfalto. Aqui arivalidade é do piloto com ele mesmo.

O fairplay no Rally dos Sertões acontece de maneira natural e institucionalizada: se um competidor estiver em apuros, outros concorrentes podem parar para ajudar e depois ter esse tempo descontado cronometragem final. Isso cria um ambiente de competição com camaradagem, afinal de contas, 5.000 km sob sol, chuva e com noites maldormidas entre outros perrengues já são obstáculos suficientes para que a competição seja...

AS CATEGORIAS

São cinco categorias praticadas no Rally dos Sertões 2020:

Cross-country – É a principal do rali, que é disputado em três modalidades: carros, motos e quadriciclos, e UTVs

SPRINT – Disponível para todas as modalidades, tem os mesmos elementos da Cross- Country, com três etapas

AMIGOS – Disponível para todas as modalidades, é disputada com dois pilotos, que vão alternando a prova

Regularidade – Para os adeptos de precisão e pontualidade, esta não exige necessariamente velocidade

sertões light – Um desafio de roteiro, sem competição, apenas um passeio seguindo o rali de perto, com seu 4×4 de estimação

ROTEIRO

CHECKLIST

Veja os itens que as equipes e as duplas piloto/navegador levam para as bases e a bordo dos veículos

Na base

• Macacão (duas mudas)

• Dois capacetes

• Duas viseiras reservas

• Saia de pano do capacete

• Conector de áudio do capacete

 Fone de ouvido

• Camisa e calça resistentes ao fogo

• Balaclava e luvas (dois pares)

• Cinta de cintura

• Sapatilhas (2 pares)

• Duas munhequeiras

• Camelbak (mochila para água potá...

DENTRO DO CARRO

Canivete e bússola

• Lanterna

• Calibrador de pneus

• Chave de trocar correia

• 5 tipos de alicate e chaves de fenda

• Kit chaves de boca com catraca

• Martelo e serra

• Arame, abraçadeiras variadas

• Macaco rápido

• Chave de roda

• 2 correias do motor

• Sinalizador de emergência

• Pá dobrável

• Cunha para calço

• Analgésico

• Pomada contra queimadura...

• Esparadrapo e curativos simples

• Protetor solar

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

 

 

PUBLICIDADE

Últimas Notícias



PUBLICIDADE

Copyright © 2003 / 2020 - Todos os direitos reservados
NossaCara.com é propriedade da empresa Brito Santos Comunicações e Publicidades Ltda.
CNPJ: 12.652.562/0001-07 - Fone: (73) 98866-5262 WhatsApp